Quem é Marcelino ULTRA?

Quem é Marcelino ULTRA?
- Cristiano Marcelino (36 anos) é Bombeiro Militar, Ultramaratonista, Professor de Educação Física graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Mestre em Ciências pela UFRJ. Casado com Nilce Marcelino (37 anos) e pai de Filipe Marcelino (9 anos).

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Maratona Cross Country de Búzios

Búzios, Rua das Pedras, 42.195m de muita montanha, pedras, areia:É a Maratona Cross Country de Búzios!

Segue relato da Maratona mais difícil e disputada do Rio de Janeiro.
Também segue atualização de calendário de provas.

Dia 06 de novembro, vários atletas que conseguiram se inscrever para uma das 1.000 vagas oferecidas pela Organização da prova se alinham às 7h para a Largada da Maratona Cross Country de Búzios.

As vagas foram esgotadas meses antes, superando em mais de 100% a participação de atletas em 2010.
Os atletas poderiam fazer duplas ou quartetos, para percorrer os 42Kms de prova, ou como eu, se inscrever para a Categoria Solo e encarar tudo sozinho.
Ano passado fui sozinho para a prova, com o apoio de carro de minha esposa Nilce.
Este ano ela competiu num quarteto e fui sem carro de apoio, que torna a prova bem mais emocionante, porém contei com vários amigos da CE+3 que também competiram para dar um incentivo a mais e apoio nos postos de troca.
Vários atletas da CE+3 presentes na prova este ano
O relógio marcava 7h da manhã, quem iria correr os trechos adiantes do revezamento já se preparavam para ir para seus carros. Os solos e os primeiros atletas das duplas e quartetos se alinhavam na linha de largada na Rua das Pedras. E foi dada a largada!
A prova deu realmente uma volta completa em Búzios, vejam só o percurso marcado em meu GPS:
Percurso da Maratona Cross Country de Búzios
A altimetria da prova é imponente e bem desafiadora, vejam:
Altimetria da Maratona Cross Country de Búzios
O início da prova é de muita subida e descida em paralelepípedos, deste 1º trecho de 10,5 Km quase nove são assim, e com visual deslumbrante.
No 1º trecho da prova


Desde o início da prova tinha colocado como meta melhorar meu rendimento feito no ano passado, que conclui a Maratona com 4h08min. Claro que se eu conseguisse um sub 4h seria excelente!
Assim fui num bom ritmo desde o começo, fiz questão de não forçar muito nos trechos mais inclinados pois sabia o que tinha pela frente.
Assim cheguei ao primeiro posto de troca, que foi deslocado para uns 500 metros antes em relação ao ano anterior.
Cabe-se ressaltar que a hidratação da prova este ano foi maravilhosa, com 2 postos de água gelada em garrafa em cada trecho, muito bem dispostos.
Porém a Organização falhou nos postos de troca, pois não deixou ninguém fazendo a distribuição aos solos, que passavam direto pelo tumulto e não viam nada, e tinha até Gatorade.
Também ficou falho a quantidade de banheiros químicos. Na largada só tinha 2 ou quatro, acabei não conseguindo ir e tive que parar no 2º trecho da prova para um pit stop rápido.
Falando em 2º trecho, o mesmo já iniciava em trilhas, com uma ida e volta por cima de um pequeno morro com direito até de subida com apoio de cipó.
Mas, como já sabia o que me esperava, só aguardava o final deste. Era a praia de Tucuns, com suas areias fofas. No entanto este ano a maré estava mais baixa, que permitiu a corrida numa areia um pouco melhor, repito UM POUCO melhor.
Areia fofa em Tucuns no final do 2º trecho

Não era fácil correr aqui. Fofo e inclinado!
Também neste trecho o posto de troca foi adiantado cerca de 500 metros, que nos obrigou a subir um banco de areia para passar pelo mesmo. E para quem não sabia, vinha a parte mais difícil da prova, com uma imensa montanha a frente.
Rumo a montanha após os 21Km
Este 3º trecho já inicia com uma terrível e travada subida longa. Mas o que foi legal mesmo foi ver ao término da subida, lá no topo da montanha, um grupo de Capoeira, tocando e nos alegrando nesta parte difícil. SHOW!
E depois da longa subida, tinha que vir a longa descida. Neste ponto da prova comecei a sentir que algo não corria bem. Comecei a sentir um baixa na pressão, estava muito quente, mas fui morro a baixo, segurando um pouco o ritmo.
Porém quando termina a descida passamos por uma parte, que falo que deve ser a mais feia de Búzios, e neste momento o astral desce um pouco.
Depois disto vem logo o terrível trecho da fazenda, que para mim foi o limite, já não estava me sentindo muito bem mesmo, diminui bem o ritmo já vendo miragens e chegando a casa no alto da fazenda sentei alguns momentos com os staffs jogando água gelada em minha cabeça, que me fez retornar um pouco ao meu estado normal. Porém ainda tínhamos um grande trecho complicado à frente até o último posto de troca.
Final do 2º trecho

Para chegar aqui não foi moleza!
Chegando neste ponto, com ainda 11 Km para concluir a prova, preferi sentar um pouco e com a ajuda de minha amiga Marcelle (novamente muito obrigado!), troquei meu tênis, que já estava encharcado, tomei uma Coca-Cola e segui em frente!
No 4º e último trecho concerteza as coisas iam melhorar, pois é o trecho que acho o mais bonito da prova. De início temos uma longa praia de areia dura e depois entra-se no costão de pedras que nos deixa bem alerta!
A surpresa foi nos últimos metros de pedras, a maré encheu e tivemos que passar com as ondas batendo na altura da cintura, mas a Organização colocou staffs para auxiliar neste ponto.
Passado este sufoco, corríamos numa praia lotada de banhistas neste domingo de sol, desviando dos mesmos e logo subíamos para o trecho final!
E digo, SUBÍAMOS, e esta era a grande novidade do percurso deste ano. lembro-me muito bem que no ano passado da areia da praia, subia numa trilha íngreme por alguns metros, depois descia-se por esta trilha e pegava uma estrada de terra, onde saia-se no asfalto, por mais uns 2 Kms para a chegada.
AGORA este ano o percurso mudou. A entrada da trilha era a mesma, porém continuávamos a subir pela trilha floresta adentro alcançando o topo deste morro e depois descendo por uma trilha que também era impossível fazer correndo. Após isto ainda tinha outro morro para atravessar para depois chegar na estrada de chão a cerca de 500 metros da chegada.
Fato inusitado aconteceu comigo agora. Ao chegar no topo do segundo morro, ou seja faltando somente descer e mais uma parte plana para a chegada. Ao passar por um staff pergunto quanto falta, ele responde: "menos de 1 km", então olho para meu relógio que marca 4h03min de prova, ou seja, se em menos de 5 minutos eu alcançar a chegada, melhoraria meu tempo do ano passado. Então desci com tudo para tal feito, conseguindo desembestadamente lograr êxito na descida, porém ao chegar no trecho plano minha duas panturrilhas travaram em cãimbras de uma só vez, só me restando cair ao chão de dor, com vários minutos de contorcimento e com ajuda de alguns atletas consegui me levantar todo sujo e ir mais lentamente para linha de chegada, que cruzei com 4h10min28seg.
Depois de muito sufoco em fim a chegada!

Apesar de aumentar meu tempo em 2min em relação ao ano passado, achei que foi uma melhora significativa, visto que com a mudança do percurso, este ficou a meu ver de 3 a 5 minutos mais lento por conta da dificuldade final.

Feliz por mais uma Maratona completada com êxito!

Também fiquei muito feliz pela participação de minha esposa no quarteto e pela participação de grande número de atletas da CE+3.

Com minha esposa Nilce ao final de sua prova

Agradeço aos Organizadores da Maratona por mais esta excelente prova. Lembro ainda que o kit da foi de excelente qualidade, com camiseta de poliamida, viseira e brindes.

Kit da prova de excelente qualidade

As costas da camiseta também foi linda!

Agradeço aos meus apoiadores pela confiança em mim depositada para mais esta prova e também aos meus amigos através do site ou presentes, que sempre me dão força!

AGORA TROCANDO DE ASSUNTO, pois a jornada de provas e treinos é bastante longa...

No último sábado, 19/11 de manhã, eu e minha esposa levamos nosso filho Filipe para a Corrida das Academias CAIXA Kids, realizada no Estádio Célio de Barros, uma ótima prova para a criançada.


Pela segunda vez ele fez esta corrida. O percurso dele foi de 50m e como sempre ele adorou!

Eu alinhando Filipe para a largada

Filipe na pista

Filipe com sua medalha

Só diversão!

No dia seguinte, domingo 20/11 eu iria correr o Circuito Fun and Run - Caminho Niemeyer, uma prova de 8K em Niterói.
Porém como era somente 8 Km e eu estava precisando de um treino mais forçado, neste mesmo dia da corrida Kids, mais precisamente, na noite anterior a prova de 8K fiz um treino de 20K com mochila e percurso variado com subidas, foram 10K de ida e 10K de volta sendo que a ia foi carregando um imenso peso nas costas pois iria levar 3.000 panfletos da PROVA NOTURNA DO CIRCUITO DAS ACADEMIAS DE NITERÓI para uma staff distribuir no dia seguinte. Foi um excelente treino!

Então chegou o domingo e fui junto com minha esposa Nilce para o Caminho Niemeyer para corrermos nós dois os 8K.


Chegando lá ainda encontramos vários amigos da Equipe CE+3, que iam correr os 8K ou 4K da prova.

Equipe CE+3 para esta prova

Dada a largada às 7h40min, foi um ritmo frenético, como era esperado para os 8K. Consegui ainda passar alguns atletas no primeiro kilometro, depois fui mantendo o ritmo sem passar mais alguém.

No kilometro 3 subíamos para o MAC, passando descendo adiante, onde o retorno era feito. A propósito uma mal escolha para o retorno, pois era no meio da ladeira, vínhamos descendo a toda e tínhamos que retornar o cone e subir drasticamente. Não que eu me importe muito com isto, mas pensei pela quantidade de atletas novatos que a prova tinha e o que este retorno assim poderia causar, também alguns atletas reclamaram que neste ponto algumas pessoas retornaram antes do cone, visto que não tinha fiscalização eletrônica ou qualquer outra. Lastimável.
Neste ponto pude ver que estava em 7º lugar geral.
Ainda mantive o ritmo forte até o kilometro 6, onde vi que não estava sendo ameaçado em minha colocação e que para alcançar o atleta da frente também seria muito difícil, decidi então relaxar diminuindo o ritmo até a chegada.

Chegada dos 8K

Completei então os 8K em 33min12seg ficando em 7º lugar geral e 1º na Categoria 31-40 anos.

Minha esposa também concluiu bem a prova.

Nilce na reta final dos 8K

Família reunida!

1º Lugar na Categoria 31-40 anos

E mais esta concluída!

AGORA PARA FINALIZAR, segue uma atualização de calendário.
Este ano de 2011 eu já completei 3 Maratonas e 7 Ultramaratonas, que podem ser conferidas em meu currículo.
Para fechar o ano de provas (será a última mesmo?) irei participar de uma Ultramaratona insana, ooops desculpas, em Sana na serra de Macaé - RJ. Serão 80K Cross Country percorridos no dia 10/12. Será o ULTRADesafio Ascom, uma prova nova e pode ser conferida clicando no logotipo dela no topo deste site.

Conto mais uma vez com todos meus apoiadores e amigos para mais esta prova e aguardem a postagem.

Até lá!!!

7 comentários:

Everaldo Motta disse...

Olá Marcelino, bom dia!
Parabéns! apesar dos imprevistos, fez um bom tempo nessa dura prova.
Parabéns tambem pelo 1º lugar no circuito Fun and run.
Um forte abraço,
Everaldo

Raphael Bahiense disse...

Fala aí Marcelino, vamos manter o contato, já que moramos perto, podemos marcar um longão qualquer hora, antes do fim do ano esto querendo subir a Vista Chinesa, vambora?! Às vezes saio de Icaraí e vou até Itaipu depois Itacoatiara dá mais de 22 km, vamos marcar um treino!
bahienserun@gmail.com

Raphael Bahiense disse...

Ah esqueci de me identificar, eu sou o 2º lugar do pódio de categoria da Fun and Run, tô aí na foto! Abração!

Claudio Brucutu disse...

Fala Marcelino! Conforme postado no blog do amigo JMARATONA, venho por meio desta participar do sorteio das duas vagas 100% para o São João Run, dia 03 de dezembro. O seu proximo desafio acredito que sera a ULTRA de Macae 80k. Grato e espero ter a sorte de participar da prova de São João. Abraço!

Sergio Bastos disse...

Cristiano, há um ano atraz acharia meio louco isto tudo, mas eu tô me apaixonando pela corrida. Por incrível que pareça minha primeira prova foi na primeira etapa do circuito das academias, há menos de 6 meses. Já participei de outras 5 provas e a terceira etapa vai ser minha sétima corrida. Vou fazer os 14km e meu filho vai fazer os 7km na primeira corrida dele. Já treinei os 14km em Camboinhas, mas será minha maior prova até então. Minha meta para 2013 é fazer a meia maratona do Rio. Sei que sou só um calouro, mas é um prazer receber seu emails, visitar seu blog, ler suas experiências e te comprimentar nas pistas. Parabéns e Obrigado!!!

Jorge disse...

Marcelino fantástico o seu relato da Maratona de Búzios pude contemplar e viajar no tempo, cara ainda bem que este ano a prova melhorou muito então espero ano que vem correr essa prova fantástica e realmente vc e um verdadeiro Marathon Maniacs, pensava que eu era fominha mais vc ganha o título que folego que vc tem hein parabéns pela maratona de Búzios e pelo Circuito Fun And Run mandou bem...ahhh parabéns também a Nilce eo Felipe.
Um abraço,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

Fábio disse...

Marcelino te desejo um Feliz Natal e que 2012 seja repleto de paz, saúde, felicidades e realizações, que a chama da corrida continue sempre forte, e que vc possa desfrutar de muitas largadas e chegadas...

Abs

Fábio
www.42afrente@blogspot.com